GLAN - Grêmio Literário de Autores Novos
"Um Celeiro Cultural"
"Um Celeiro Cultural"
O GLAN
Arquivo
Poesias
Contos
Humor
Galeria de Fotos
Poesias

Dora de Araújo da Rocha e Silva

Desemprego, Por quê?
XX Coletânea de Contos e Poesias do Glan 2004.

Se não creio em mim,
Se não me valorizo,
Se não tenho alegria,
Desemprego, por quê?

Se vivo na solidão,
Se não faço por conquistar amizades,
Se me falta fé em tudo e em todos,
Desemprego, por quê?

Se não sei ter vida simples, sóbria e austera,
Se não luto pelo meu ideal,
Se não confio em Deus,
Desemprego, por quê?

Se não encontro trabalho, justiça e paz,
Se faltam solidariedade e compreensão dos dirigentes,
Se fraternidade e caridade não existem,
Desemprego, por quê?

Se somos perseguidos ou oprimidos,
Se não há perdão,
Se meu irmão é indiferente, frio, egoísta,
Desemprego, por quê?

Se há exclusão social,
Desemprego, por quê?

Quando houver mais amor, mais interesse entre todos,
O mundo será melhor e não será preciso perguntar:

Desemprego, por quê?

Voltar

 

 


  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O GLANNovidades e EventosPoesiasContosHumorGaleria de Fotos