GLAN - Grêmio Literário de Autores Novos
"Um Celeiro Cultural"
"Um Celeiro Cultural"
O GLAN
Novidades e Eventos
Poesias
Contos
Humor
Galeria de Fotos
Poesias

Ivanildo

Ivanildo Martins Gonçalves

Porto abandonado

VIII Antologia Poética do Mensageiro da Poesia - 2009 (Portugal)

O coração de um poeta
é um porto abandonado,
Onde um barco se aquieta
E logo está ancorado.

Porto mal iluminado,
Sem luz no final do dia,
Onde a noite é um bocado
De ausência de alegria.

Vejo um vulto que agora
No horizonte se aproxima.
Tão só, o mar comemora

E junto a mim, se fascina...
Quando o barco, ali ancora
Todo o porto se ilumina

Voltar

  

 

 

 

 

 

 

 

Outras Poesias do Autor

O GLANNovidades e EventosPoesiasContosHumorGaleria de Fotos