GLAN - Grêmio Literário de Autores Novos
"Um Celeiro Cultural"
"Um Celeiro Cultural"
O GLAN
Arquivo
Poesias
Contos e Crônicas
Humor
Galeria de Fotos
Poesias

Margarida Maria Mazza


Louco Amor

Não confessar esse amor
Com ou mesmo sem rodeios...
Só em senti-lo me odeio,
E sequer o creio meu;

E sequer o creio meu;
Porque veio machucando
Moribundo, desmaiando
E o tempo transcendeu;

E o tempo transcendeu;
Não é um sentir decente,
Ele é cativo, docente,
É vendaval, tempestade;

É vendaval, tempestade;
E se é transcendente ao tempo,
Pode mesmo ser propenso
A transcender a eternidade.

 

  

 

 

 

 

 

 

 

Louco Amor


Ser Poeta

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O GLANArquivo Poesias Contos e Crônicas HumorGaleria de Fotos