GLAN - Grêmio Literário de Autores Novos
"Um Celeiro Cultural"
"Um Celeiro Cultural"
O GLAN
Novidades e Eventos
Poesias
Contos
Humor
Galeria de Fotos
Poesias

Maria José Bulhões Maldonado

No último sábado, 13 de novembro de 2010, pela manhã, Maria José, que já estava doente há algum tempo, veio a falecer. Na quinta-feira estávamos juntos no lançamento do livro da Luiza Pettersen Marconi, na casa da amizade... foi a nossa despedida!

A poetisa, com uma linda homenagem dos familiares, glanistas, rotarianos e amigos, foi sepultada no domingo às 10h.

Durante a manhã, foram lidas e declamadas diversas poesias da autora que era muito querida em nossa cidade, sendo considerada uma das maiores poetisas do Brasil.

Imortal da Academia Voltaredondense de Letras, será também imortal como nossa poetisa, pois sempre teremos prazer em reler os seus poemas!

Ivanildo Martins Gonçalves

Nas mãos de Deus

Desconhecendo, embora, o chão que piso,
vou de abalada e nada me retrai.
Caminhos ignorados? Indeciso
é o atalho da vida que me atrai.

Abandonar cautela, calma e siso
à loucura da hora que se esvai.
Na conquista do templo impreciso
no páramo onde a luz do sonho vai.

Vou de abalada em busca da verdade!
Embora seja vã sua procura,
nas mãos de Deus depus minha vontade.

Não há força que  prenda esta ansiedade.
Na crença de encontrar a idéia pura,
o caminho que leva à eternidade.

Voltar

  

O GLANNovidades e EventosPoesiasContosHumorGaleria de Fotos